Fartlek, o método de treinamento precursor dos intervalados

Origem do Fartlek

O Fartek tem sua origem na Suécia onde foi concebido por Gosse Holmer na década de 30. Nesta época a escola sueca nos forneceu o volodalem idealizado por Gosta Olander o qual consta como autor do Fartlek.

A diferença entre ambos reside somente no fato de que no fartlek as sessões são mais longas e primam pela quantidade enquanto que no volodalem as sessões são mais curtas e há predominância da intensidade.

Na atualidade os dois métodos da escola sueca mesclaram-se, e notabilizaram-se tão somente como fartlek. Essa fusão de métodos de treinamento se viu consagrada com as inúmeras vitórias de Gunder Hagg e Arne Anderson, que foram cognominados “os reis dos bosques”.

Conceituação

É um método de preparação orgânica que objetiva o desenvolvimento da endurance, resistência , ritmo e da velocidade, através da utilização de corridas de longas distâncias.

Princípios básicos de execução do fartlek

Não a distâncias fixas a serem percorridas em cada sessão de treinamento.

A velocidade deverá ser variável em todo o percurso, alterando-se corrida solta, trote. piques de velocidade e até caminhada rápida.

Os locais de treinamento não se restringirão as pistas de atletismo, devendo ser escolhidos terrenos abertos e variados (parques, bosques, praias, etc.) impedindo a fadiga mental e motivando melhor os atletas.

O tempo de duração da sessão não é fixo, podendo variar de 40 a 120 minutos.

A dosagem individual será determinada pelo próprio atleta, o que favorece a disposição psicológica para o treinamento, possibilitando a criação de um programa pessoal. A dosagem visa o controle de ritmo pelo atleta durante o treinamento.

Considerações fisiológicas

O fartlek é um método de cargas continuas que na atualidade vem sendo aplicado principalmente no período básico de treinamento. Visa substancialmente o aumento das cavidades do coração.

O controle da freqüência cardíaca apresenta uma alternância na curva de esforço, fruto da cadencia variada estabelecida pelo método.

Aplicação

É um método utilizado para formar uma adequação com os métodos de preparação muscular no período básico e com os métodos intervalados no mesmo período e no especifico. Sua utilização maior, entretanto, visa a aquisição de uma condição física básica.

Vantagens e desvantagens

O fartlek apresenta-se como um método de preparação orgânica de longas distancias, eficaz, adaptável e de grande atrativo psicológico, porem, carece de maior fundamento cientifico, posto que repousa em bases empíricas e não sofre um controle fisiológico acurado.

Ainda como desvantagens, podemos citar a fraqueza da carga e a observância deficiente do treinador sobre o atleta para lhe ensinar fundamentos básicos e corrigir seus movimentos; seu uso fica na dependência da autoconfiança do próprio praticante.

OBS: a desvantagem do controle fisiológico é facilmente solucionada se você dispuser de um monitor de freqüência cardíaca.

Conclusão

Foram os métodos fartlek e volodalem que deram origem, pela alternância do ritmo, ao interval-training de Gerschler e Reindell como também dele se aproveitou Mollet para conceber o método cross-promenade.

Written by Marcelo Ponce

Marcelo Ponce é um corredor de trilhas que utiliza a internet para compartilhar suas percepções em relação à prática da corrida. Sempre desafiando horizontes inóspitos, ele absorve longas distancias tomando auroras e crepúsculos como seus testemunhos. Sua força mental incrementa a resistência física, e com base em suas experiências ele adotou o pseudônimo Atleta Zen.